quarta-feira, 11 de março de 2009

Pensamentos

A lua hoje tá enorme e não sei a que propósito fez-me lembrar tempos passados e amigos de outros tempos.
Não sei porque senti, ou porque me lembrei que há amigos que por vezes, pelas circunstancias, estão distantes mas, sentimos que a amizade, o carinho, a ternura e todo um mar de sentimentos que nos invade não se perdem nem com o tempo nem com a distancia.
Aliás, sinto que as agruras da vida, mesmo quando as há, não conseguem destruir os sentimentos, não conseguem destruir o que um dia foi puro e belo, sincero e forte.
Hoje senti isso mas, senti-o de uma maneira tão forte que não é possível estar tão enganada...
A lua hoje estava tão grande que me trouxe à memória noites passadas, conversas, risos, músicas... A lua às vezes tem destas coisas.

2 + 5 comentários para parecerem muitos:

Vasco disse...

Eu acho que te entendo... Há dias encontrei a foto do meu 32.º aniversário, no Last Resort... Tou cota, amiga, tou cota... Beijinho!

Lilith disse...

VASCO: Pois é amigo tamos todos a ficar cotas! Porra de vida!