terça-feira, 3 de março de 2009

6ºdia - Oslo - Vigelandparken



Hoje depois de um pequeno almoço digno de reis saímos com destino ao Vigelanparken.
Apanhámos o eléctrico que custou 36Kr por bilhete e que é válido durante 1h.
O Vilelandparken fica na parte norte da cidade e é uma das atracções mais visitadas da Noruega com mais de 1 milhão de visitantes por ano.
O parque encontra-se aberto 24h por dia, e é imenso. No verão deve ser um espanto. No meio do parque encontrámos um roseiral que quando está em flor deve ser lindíssimo.
A meio do parque existe em lago enorme que nesta época do ano está completamente gelado mas que deve ser um lugar hiper-romântico nas estações mais quentes uma vez que é rodeado por bancos de jardim, árvores enormes e cantos e recantos nostálgicos.
Este excepcional parque escultórico é o trabalho de toda uma vida do escultor Gustav Vigeland(1869-1943). Podemos encontrar mais de 200 esculturas feitas em bronze, granito e ferro forjado, além de que foi ele também quem desenhou o conjunto arquitectónico do parque.
Bem, depois do parque fomos a uma loja Vinnmonopolly e encontrámos vários vinhos portugueses e bem bons por sinal. Quanto aos preços não são assim tão caros tendo em conta que são importados, terão em cima mais 2 ou 3€ mas nada de transcendental como seria de supor.
Já um cadinhocansadinho ficámos o resto da tarde em casa a ver o filme "Quem quer ser milionário" que ganhou vários oscares. Para os que se lembram, eu já tinha falado há algum tempo atrás da obra na qual este filme foi baseado e, continuo a recomendar o livro que é espectacular.

6 + 5 comentários para parecerem muitos:

kuka disse...

E bacalhau!!!? E bacalhau?

Lilith disse...

KUKA: Pois já comi bacalhau mas fresco e é muito bom!

Vasco disse...

Escuta, mas o que é que tu andas a fazer tão a norte? ;) Beijo!

Lilith disse...

VASCO: Ó homem isto a vida às vezes prega-nos partidas boas, o qué que tu queres?

Vasco disse...

Quando voltares quero saber tudo! TU-DO!!!

Lilith disse...

VASCO:Pois coração, é só uma questão da gente combinar e ber ber um café que a nina conta o passeio.