sábado, 27 de janeiro de 2007

A Cúmplice

Porque tantas vezes falamos em cumplicidade, aqui vai...

Eu quero uma mulher
Que seja diferente
De todas as que eu já tive
Todas tão iguais
Que seja minha amiga
Amante e confidente
A cúmplice de tudo
Que eu fizer a mais
No corpo tenha o sol
No coração a lua
A pele cor de sonho
As formas de maçãs
A fina transparência
Uma elegância nua
Um mágico fascínio
O cheiro das manhãs
Eu quero uma mulher
De coloridos modos
Que morda os lábios sempre
Que for me abraçar
Que seu falar provoque
O silenciar de todos
E o seu silêncio obrigue
A me fazer sonhar
Que saiba receber
E saiba ser bem vinda
E possa dar jeitinho
Em tudo o que fizer
E que ao sorrir provoque
Uma covinha linda
De dia uma menina
A noite uma mulher

(Juca Chaves)

7 + 5 comentários para parecerem muitos:

Rafeiro Perfumado disse...

Olá, Lilith. Vim agradecer o comentário e a linkadela, amas já retribuídas. è apenas justo dizer-te que o texto de que gostaste tanto não foi feito por mim. É uma iniciativa de 5 bloguistas sendo que o meu texto apenas virá daqui a uma semana. Mas tens razão, é uma linda foto e um lindo texto.

Um grande RAUF para ti!

kuka disse...

Uma utupia do Juca Chaves.

Pini disse...

Ola Amiga, tudo bem?
Que bom que me achas-te ehhehe, pois o meu blog anda meio desactualizado, hoje vou-lhe dar um toquinho.
Beijos e tens um blog muito bonito. parabens.
Beijufas
Pini

Lilith disse...

RAFEIRO: Pois eu sei que o texto não era teu mas, ainda assim é muito giro. A foto é excelente como te disse.
Pois e linkei o teu blogg porque o acho muito fixe!

KUKA: Ó Kuka, achas utopia??? mmmmm garanto-te que é possivel sim! Bons peticos!

PINI: Acho muito bem que o actualizes porque idéias não te falatam! Beijo gordo!

M.M disse...

E essa mulher do Juca Chaves existe mesmo??? :)

Lilith disse...

M.M. - Olá, sim eu creio que essa mulher existe, pelo menos acredito que sim, porque conheço uma ou duas.

Anónimo disse...

necessario verificar:)