terça-feira, 23 de outubro de 2007

Racismo, Xenófobia e outras cobardias

O marginalzeco chama-se Sergi Xavier, e tem 21 anos.
A vitima é uma rapariga, menor de idade e, o seu "pecado" é ser equatoriana!
A agressão deu-se no metro, na cidade de Barcelona-Espanha!
Ninguém foi capaz de intervir, ninguém disse nada! Todos os que ali estavam foram coniventes!
Quantos Sergi haverá por esse mundo fora? Milhares! Talvez mais!
Continuo sem entender porque é que se discriminam pessoas só pela cor da pele (pelo credo, pelas ideias, etc.) não compreendo a discriminação.
Evoluímos em tanta coisa e regredimos em tantas outras!
A primeira explicação que me deram quanto às diferenças da cor da pele foi há muitos anos na Escola Primária, a professora um dia disse-nos que existiam meninos negros porque a pele escura era uma forma que o Homem tinha adquirido de se proteger do sol, o cabelo, o nariz, era o resultado de uma evolução natural para sobreviver em sítios tão áridos e quentes.
Na altura eu deveria ter uns 8 anos talvez, mas, a explicação pareceu-me tão verdadeira que nunca mais existiu lugar para dúvidas ou questões.
Uma explicação tão absoluta que permanece até hoje!

3 + 5 comentários para parecerem muitos:

Arion disse...

No outro dia tive que pôr cobro a uma situação numa aula minha, que, um dia, podia/pode descanbar em algo de semelhante... E não, não auguro nada de bom para o futuro da espécie...

kuka disse...

Não tem nada a ver com a cor da pele. Mesmo que as pessoas não gostem da cor do outro não têm o direito de agredir. Acho que aquele individuo agrediria a miuda de qualquer maneira. Mesmo que fosse branca.

kuka disse...

E partilho da opinião do Arion. Isto vai acabar mal.