sexta-feira, 15 de junho de 2007

Justiça completamente cega!

Há coisas realmente incríveis neste nosso Portugal à beira-mar plantado. Ontem li no Publico on-line que um aluno da Universidade do Minho - pólo de Braga- terá esfaqueado um professor, mais precisamente o presidente da Escola de Direito daquela instituição.
Perante este acto, o Tribunal de Instrução de Braga proibiu o aluno de se deslocar à cidade de Braga e de entrar nas instalações do "campus".
Ora segundo diz a noticia do Público, passou-se o seguinte:
"Segundo disse à Lusa uma fonte judicial, as medidas de coacção visam impedir que o arguido - aluno do pólo de Braga da Universidade do Minho, residente em Barcelos - se aproxime de dois professores, que são os alvos da sua ira.
Uma fonte universitária adiantou à Lusa que, além do inquérito judicial que enfrenta, o aluno será suspenso e poderá ser expulso da instituição, na sequência do processo disciplinar que lhe vai ser instaurado.
O jovem, que entrou no gabinete daquele responsável da Faculdade de Direito alegadamente "para o matar", estava revoltado porque pretendia, entre outras reivindicações, que lhe fosse atribuído o estatuto de deficiente, por sofrer de gaguez.
O docente, que foi agredido por volta das 12h00 de ontem no gabinete que ocupa no edifício da Escola de Direito, teve de receber tratamento hospitalar, devido a cortes superficiais que sofreu no rosto, num braço e nas costas, mas, segundo fonte das relações públicas, nenhum órgão interno ou músculo foi atingido.
Fontes oculares adiantaram à Lusa que o professor foi para o hospital pelo próprio pé. Após o sucedido, funcionários e alunos imobilizaram o agressor e chamaram a Guarda Nacional Republicana.
O aluno, Sérgio Barbosa, 24 anos, protestava contra o processo de Bolonha, dizendo que este método pedagógico, adianta uma fonte, o tem prejudicado, impedindo-o de passar de ano e de ser finalista da licenciatura."
Se a noticia é tal e qual como aqui está descrita eu acho isto no mínimo surrealista!!! O Tribunal proíbe o aluno de se deslocar à cidade de Braga! Mas como? Andará ele com uma escolta policial que o impeça de ir à cidade de Braga e, consequentemente de atentar contra outros professores? Como???
Então uma pessoa esfaqueia outra, não quero saber da gravidade, e sai na maior apenas o impedem de ir à cidade de Braga???
O aluno em questão pretende um estatuto de deficiente porque sofre de gaguez??? Como??? Acho que li mal!!! Como??? Isto é completamente absurdo no mínimo!
Eu a pensar que o bom-senso estava bem distribuído pelo mundo e afinal estou redondamente enganada.

6 + 5 comentários para parecerem muitos:

Arion disse...

A gaguez dele é mais a nível das células do cérebro: gaguejam tanto , mas tanto, que as ligações eléctricas não se dão...

Rafeiro Perfumado disse...

Agora imagina que este gaijo se licencia... belo advogado que vai ser!

Arion disse...

E não sabes tu que ainda apanhei outro susto. Aquela coisa que ia descrita na receita estava esgotada, estava a ver que ainda te tinha que telefonar outra vez. Má da volta, chegou à tarde... Beijo, e, mais uma vez, obrigado!

Silver disse...

Ai minha querida! É que estás mesmo re-don-da-men-te enganada, he he. bjiiiiinhes

Anónimo disse...

A história ainda não foi bem contada pela Comunicação Social.

Um facto é que o aluno esfaqueou (superficialmente) o Presidente da Escola.

Os outros, descubram-nos em

http://casinodaelsa.blogspot.com

Surpreendam-se

kuka disse...

A esfaquear não é gago!